fbpx

Como Criar um E-commerce do Zero

E-commerce do Zero

Nesta postagem, gostaríamos de lhe falar sobre o processo completo de ter um E-commerce do Zero.
O E-commerce como já sabemos é um termo utilizado para “Comércio Eletrônico” Leia mais Aqui.

Vamos lá:

1) O INÍCIO DE TUDO:

Para iniciar o seu E-commerce, primeiro é necessário ter um plano de negócio, sabe oque quer vender, para quem e que tipo de produto pretende oferecer.

Se ainda não conhece sobre o plano de negócio, leia o nosso post “Como ser Dono do seu Próprio Negócio” que explica de forma simples como funciona este processo.

2) CNPJ:

Já sabendo sobre o Plano de negócio, você precisa ter um CNPJ (Cadastro nacional de pessoa jurídica), este passo é muito importante, pois para comercializar produtos você precisa obrigatoriamente possuir um CNPJ. Mas não se preocupe, o processo de abertura de um Cnpj não é tão complicado assim, uma das possibilidades é a abertura como MEI (Micro empreendedor Individual) onde o faturamento pode ser de até R$ 81,000,00 / ano, talvez seja melhor inciar assim, e futuramente migrar para ME e assim por diante conforme o crescimento do seu negócio.

3) ESCOLHA DA SUA LOJA:

Depois do passo 1 e 2 completo você precisa saber como você gostara de ter o layout de sua loja, buscar referências e se possível Fazer a contratação de Agência ou plataforma específica, para vender o seus produtos. Existem inúmeras agências de Marketing Digital que oferecem o serviço de desenvolvimento de Site e E-commerce, assim você se preocupa apenas com as questões práticas como produtos, clientes e outros afazeres de um bom empreendedor. Porém muitas pessoas estão iniciando literalmente do zero, e não possui o valor para investimento imediato para investir na loja dos seus sonhos a Agência Four disponibiliza para os clientes a opção de ALUGUEL DE E-COMMERCE onde  a pessoa pode alugar uma loja, e assim utilizar pelo período necessário. Isto pode muito bom  até para ter uma base de como funciona esse meio de negócio sem precisar fazer investimentos muito altos. Se ficou interessado, solicite seu Orçamento!

4) MÉTODOS DE PAGAMENTO:

Sua loja já pronta é necessário definir os meios de pagamento, pois sinceramente existem muitas empresas como Paypal  PagSeguro  e Stone que são as mais conhecidas, e utilizadas no Brasil. Mas antes de escolher a sua, é preciso pesquisar muito bem as taxas de juros e descontos, pois essas empresas cobram uma taxa por venda feita, e você precisa saber se essas taxas não são muito altas que possa prejudicar o seu negócio, pois você acaba deixando metade do seu lucro para a máquina de cartão. Você também deverá sempre disponibilizar a compra por boleto bancário, já que muitas pessoas ainda não possuem um cartão de crédito.

5) LOGÍSTICA:

A parte logística é muito importante, pois você precisa entregar seus produtos por meio de transportadoras ou os próprios Correios.
Caso optar pelos correios, o processo é bem simples, você vende pelo e-commerce, recebe uma notificação de compra, e faz a postagem na agência mais próxima dos correios . O ideal é fazer a postagem em até 24 horas após receber a notificação, assim o seu cliente recebe o mais rápido possível, e você não recebe reclamações por atraso (Pois infelizmente os correios dependendo de cada região atrasam suas entregas) e acaba causando vários transtornos, postando o quanto antes você tem mas chances de sua entrega ser realizada mais rápido.

6) RELACIONAMENTO COM CLIENTE:

O relacionamento com cliente e o atendimento oferecido na Pré e Pós venda é muito importante, pois só assim o cliente comprará novamente e indicará o seu negócio para outras pessoas. Busque oferecer um atendimento diferenciado, via Whatsapp ou outros canais que te aproxima ainda mais do seu cliente.

7) MARKETING E MÍDIA

Para o comércio eletrônico, é fundamental o Marketing Digital, pois se as pessoas não conhecerem o seu negócio, diminui drasticamente as chances de venda do seu produto.
O Marketing Digital, possibilita você atingir um grande público como sua Cidade/Estado/ o Brasil e até o Mundo todo (Mas claro.. isso exige muito investimento e uma boa Logística para poder atender o mundo todo).
Divulgue seus produtos nas mídias sociais, pois uma parcela de seus clientes sempre estará lá, mas seja coerente pois as pessoas visitam as mídias para saber da vida dos outros, se distrair, conversar e não para comprar e ficar vendo anúncios toda hora pois isso acaba sendo muito chato.

 

 

Enfim, as dicas de hoje são essas! Se você Gostou fique atento pois em breve traremos mais dicas sobre E-commerce, Construção de Sites para o seu Negócio, Pequenas consultorias e muito mais.

Ficou interessado em ter seu próprio Site ou E-commerce?
CLIQUE AQUI  e saiba mais sobre o nosso processo de Desenvolvimento